Pular para o conteúdo principal

Qualidade de vida da mulher: uma necessidade.


Quantas vezes nós mulheres nos cobramos e somos cobradas nas nossas funções? Ser esposa, mãe, profissional de sucesso.

A questão é que em meio a tantas atribuições deixamos de lado nossos sonhos, desejos, vontades e com tudo isto a nossa qualidade de vida.

O desgaste na qualidade de vida gera eumeros problemas secundários em decorrência do stress. Dai a necessidade de olharmos para nós mesmas como seres humanos únicos e não mais como esposa, mãe ou profissional. 

Insonia, redução do apetite sexual, menstruação desregulada, acne, queda de cabelo, depressão, ganho ou perda de peso e diminuição da fertilidade são apenas alguns dos problemas que podem afetar uma mulher sobrecarregada. 



O casamento, por exemplo, é um dos fatores que mais afetam o bem estar feminino. Somos protetoras por natureza e nos sentimos responsáveis por uma quantidade absurda de tarefas, deveres e obrigações, como bem nos aponta esta reportagem.

É por isso tudo que eu faço o que eu gosto. Viajo, curto praia, danço, faço ginástica, faço meu curso de cerveja artesanal, corro no parque etc etc etc

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Decisões

Estamos iniciando um novo tempo. Tempo de refletir, repensar nossas atitudes, saber separar o certo do errado. Temos o velho hábito de prometer e não cumprir. A vida nos convida, diariamente, a tomar decisões. Já de manhã decidimos abrir os olhos, sair da cama, tomar café, entre outras coisas, mas normalmente temos a impressão de estar sempre no caminho errado, e parece que andamos para trás, sensações estas que normalmente nos trazem certo desconforto e falta de vontade para encarar um novo dia.
O que ocorre é que não aprendemos a escolher com perfeição. O mundo parece nos jogar uma carga tão grande de decisões e com um tempo tão curto, que é fácil se perder. Em certas ocasiões nos sentimos perdidos em meio à multidão, pois, quanto mais olhamos para nosso umbigo, mais solitários nos sentimos.

5 maneiras de melhorar os sintomas da ansiedade

Em fevereiro de 2017, a OMS - Organização Mundial da Saúde, divulgou dados alarmantes sobre a psiquê do brasileiro. Segundo a Organização,  23, 9,3% dos brasileiros possui algum transtorno de ansiedade e a depressão afeta 5,8% da nossa população. 
Segundo os estudiosos, pesam nesses números fatores socioeconômicos, como pobreza e desemprego, e ambientais, como o estilo de vida nas grandes cidades.  Importante salientar, que ao menor sinal de algum distúrbio comportamental que venha afetar a sua rotina, procure imediatamente auxilio de um especialista. Existem diversas formas de tratar a ansiedade, e certamente um profissional te auxiliará nesta escolha. Mas, existem técnicas eficientes e coadjuvantes das terapias tradicionais que podem perfeitamente aliviar os sintomas da ansiedade. 1. A prática de exercíciosfísicos
Este é um dos melhores remédios para ansiedade. A pratica de exercíciosfísicos estimula a liberação de endorfina,   que é um substancia produzida pelo cérebro capaz de aument…